Instalando o SQL Server 2005


Ola Amigos

Instalar o SQL Server 2005 num Servidor de Banco de Dados pode se tornar um processo demorado, cansativo e ineficiente, se o profissional ou DBA responsável não conheça todos os fatores que devem ser analisados e preparados antes de efetuar a instalação. Entender todas as edições existentes e conhecer os requisitos necessários do SQL Server facilita a sua instalação, manutenção e operação.

Neste artigo apresentaremos uma explicação geral sobre todas as edições disponíveis do SQL Server 2005, suas principais características e os seus requisitos necessários, tanto de hardware como de software, para efetuar uma instalação sem problemas. Este artigo é o primeiro de uma série de três, onde serão abordados todos os procedimentos de preparação, instalação, manutenção e remoção do SQL Server de um servidor.

Edições do SQL Server 2005

Conhecer as edições do SQL Server 2005 disponíveis é essencial para que o Administrador decida qual delas utilizar, levando em consideração o ambiente onde será instalado e a que tipo de tarefa a qual se destina. Analisar quais as suas necessidades atuais e como essas necessidades irão escalonar são essenciais para decidir quais componentes instalar.

Veja abaixo as edições disponíveis do SQL Server 2005 e uma descrição resumida sobre suas funcionalidades e aplicabilidades:

· Enterprise Edition: Edição mais completa do SQL Server, com todas as funcionalidades e ferramentas disponíveis. Esta edição é própria para servidores de alta-disponibilidade e de missão crítica, pois possui recursos avançados de Espelhamento, Backup, Restauração Online e Snapshots. A arquitetura do programa é otimizada para ambientes de alta performance e eficiência.

· Developer Edition: Esta edição possui todos os recursos da Enterprise Edition, mas sua licença de uso é restrita a ambientes de desenvolvimento e teste, não para produção. Esta edição é recomendada para empresas e fábricas de softwares, para fins de teste e desenvolvimento de bancos de dados. O upgrade para a Enterprise Edition é possível.

· Standard Edition: Edição padrão, onde são encontrados os recursos mais comuns para bancos de dados de pequeno e médio porte. Utilize esta versão em sistemas que funcionarão via intranets ou sistemas web. Essa edição não oferece suporte a alguns serviços de alta-disponibilidade e performance existentes na Enterprise Edition.

· Express Edition: Edição gratuita do SQL Server, própria para aplicações locais e desenvolvedores de pequenas soluções. Todos os recursos básicos para criação e manutenção de bancos de dados estão disponíveis nesta edição. A Express Edition possui algumas limitações de conexões e de recursos.

· Mobile Edition: Edição para dispositivos móveis, onde se é possível a replicação de bancos de dados SQL Server 2000 e SQL Server 2005, garantindo o sincronismo e a consistência dos dados.

Confira na Tabela 1 as versões disponíveis para cada edição do SQL Server 2005:

10-07pic01.JPG
Tabela 1
. Versões disponíveis para cada classe de processador.

Vale lembrar que a Microsoft disponibiliza o SQL Server 2005 Enterprise Edition para download na versão de avaliação, com todas as funcionalidades disponíveis na versão normal. Esta versão de avaliação funciona por 120 dias.

Requisitos de Hardware

È importante verificar se o hardware disponível atende o mínimo solicitado pelo SQL Server 2005, para que todos os componentes sejam instalados com sucesso. Se estes requisitos mínimos não forem atendidos, o servidor apresentará problemas de desempenho e de armazenamento, além do não funcionamento de alguns componentes do SQL Server 2005. Confira abaixo os requisitos de hardware necessários para uma instalação correta:

· Processador: O mínimo solicitado para a instalação é um Pentium III ou superior, com o clock de 600 MHz. O recomendando pela Microsoft é que o processador ultrapasse 1 GHz. Vale lembrar que este recurso deve ser analisado cuidadosamente: pois além do SQL Server, temos outras aplicações rodando (incluindo o Windows Server) que consomem o processador.

· Memória RAM: Varia de acordo com a edição desejada. Para as edições Enterprise e Developer, o mínimo de memória solicitado é de 256 MB e o recomendado é 512 MB. Já para a edição Standart, o mínimo é 64 MB. Por fim, a edição Express solicita no mínimo 32 MB de memória no Windows XP e 64 MB de memória no Windows 2000 e Windows Server 2003. Da mesma forma que o processador, estes requisitos de memória são apenas para o SQL Server: leve sempre em conta as aplicações que serão executadas no computador.

· Espaço em Disco: Os componentes do Banco de Dados do SQL Server alocam de 50 MB a 300 MB, dependendo das opções escolhidas na instalação. A instalação padrão consome em torno de 250 MB do disco. Caso você instale os serviços de analises (Analysis Services), serão necessários mais 50 MB para a instalação mínima e 130 MB para a instalação padrão. O serviço de relatórios (Reporting Services) aloca 50 MB para o servidor e 30 MB para a ferramenta de design.

Instância Padrão e Instância Nomeada

Instância é uma cópia do SQL Server instalada em um servidor. Toda vez que você instala o SQL Server em um servidor, você estará instalando uma instância dele.

Quando você está instalando o SQL Server, o assistente permite você definir a instalação corrente como a Instância Padrão ou como uma Instância Nomeada. Uma Instância Nomeada significa apenas que você definirá um nome para esta cópia que está sendo instalada. Isso faz com que o acesso a esta instalação seja feito através do nome do servidor e do nome da instância (Ex: SERVIDOR\NOMEDAINSTANCIA ). Uma Instância Padrão é uma copia sem nome, e que o seu acesso é feito apenas informando o nome do servidor onde ele está instalado. Portanto, você só poderá ter uma Instância Padrão por máquina, mas poderá ter várias Instâncias Nomeadas.

No assistente de instalação, o SQL Server detecta as instâncias já existentes no servidor e as lista no botão “Installed Instances”. Caso você queira instalar uma instância padrão, marque a opção “Default Instance”. Caso queria criar uma Instância Nomeada, marque a opção “Named Instance” e escreva o nome da nova instância. Confira na Figura 1 o momento da instalação onde você configura as instâncias.

Cc716484.sql_parte2-01(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 1 . Instalando uma instância.

Um detalhe a ser observado: ao instalar o SQL Server 2005 Express Edition, é criado automaticamente a Instância Nomeada SQLEXPRESS .

Instâncias Múltiplas

Instâncias Múltiplas é o nome dado a situação onde você possui várias instâncias instaladas em uma única máquina. Pode ser tanto quando o servidor possui uma Instância Padrão e outras Nomeadas; ou quando você tem somente Instâncias Nomeadas. O SQL Server 2005 suporta a instalação de instâncias múltiplas: tanto de cópias da versão 2005 como em paralelo a versões anteriores do SQL Server.

Usar Instâncias Múltiplas aumenta consideravelmente a manutenção administrativa e ocasiona a duplicação de componentes. Além disso, as instâncias adicionais consumirão mais recursos de processamento e de memória do servidor.

Entretanto, em certas situações, trabalhar com Instâncias Múltiplas possui vantagens frente a trabalhar com uma única instância do SQL Server. Confira alguns casos abaixo:

  • Testando várias versões do SQL Server: Quando você quer testar diferentes versões do SQL Server, incluindo edições diferente de uma mesma versão (Testar a Enterprise Edition e a Standard Edition do SQL Server 2005, por exemplo) em uma única máquina, você pode utilizar uma instância para cada versão e assim efetuar os testes desejados.

  • Testando Services Packs e Upgrades de Aplicativos: Com a finalidade de evitar problemas de compatibilidade e disponibilidade do banco de dados em atualizações do SQL e/ou da Aplicação, recomenda-se usar uma instância somente para testes, em paralelo com a que já funciona.

  • Clientes diferentes desejam ter controle completo do SQL Server: Existem casos em que um servidor atende vários clientes, e os mesmos exigem privacidade e privilégios administrativos no SQL Server (criação de usuários e jobs próprios, por exemplo). Nessas situações, o uso de Instâncias Múltiplas garante a independência e autonomia entre as instalações dos clientes.

  • A aplicação vem com o banco de dados embutido: Para evitar problemas entre outros programas instalados no servidor que usam bancos de dados, algumas aplicações instalam instâncias próprias e independentes do SQL Server, garantindo assim a sua autonomia e configuração de acordo com as necessidades.

Inicio da pagina

Trabalhando com versões anteriores do SQL Server

Quando você está trabalhando com versões anteriores do SQL Server em um servidor, você pode tanto atualizar o SQL instalado para a versão 2005, como pode usar o SQL Server 2005 lado a lado com a instalação existente. O primeiro tipo de instalação é chamada de In-Place e o segundo tipo de Side-by-Side .

A instalação In-Place sobrescreve os arquivos de programas das versões anteriores do SQL Server, mas mantém os bancos de dados criados pelos usuários, não havendo a necessidade de mover ou recuperar os bancos de dados existentes. Entretanto, recomenda-se que você realize um backup de todos os objetos dos existentes, por questões de segurança.

A instalação Side-by-Side trabalha com o sistema de Instâncias Múltiplas, onde você mantém a instalação já existente e adiciona uma nova instância da versão 2005. Como mostrado no item anterior, uma instalação Side-by-Side permite um processo de migração menos traumático e com a possibilidade de testes, sem alterar no sistema que já está em funcionamento.

é possível efetuar as instalações In-Place e Side-by-Side do SQL Server 2005 em máquinas que possuem o SQL Server 7.0 e SQL Server 2000. Versões mais antigas devem ser antes atualizadas para essas versões e depois atualizadas para o 2005.

Caso exista a necessidade de manter a compatibilidade dos bancos de dados com aplicações desenvolvidas em cima de versões anteriores do SQL Server, você pode usar o procedimento sp_dbcmptlevel para definir qual a compatibilidade do banco. Veja na Tabela 1 os valores usados para definir a compatibilidade no procedimento:

Valor do @new_cmptlevel

Versão do SQL Server

60

SQL Server 6.0

65

SQL Server 6.5

70

SQL Server 7.0

80

SQL Server 2000

90

SQL Server 2005

Tabela 1 . Valores do procedimento sp_dbcmptlevel .

Uma observação importante: o SQL Server Management Studio (SSMS) e o SQL Management Objects (SMO) não dão suporte aos bancos de dados com a compatibilidade 60 (SQL Server 6.0).

Instalação dos Pré-requisitos

Na primeira etapa da instalação, o SQL Server 2005 verifica todos os componentes já instalados e exibe a janela de Instalação dos Pré-requisitos, como mostra a Figura 1 :

Cc716485.sql_parte3-01(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 1 . Janela de Instalação dos Pré-requisitos.

Este componente de atualização garante o ambiente exigido pelo instalador do SQL Server 2005. Os componentes que podem ser instalados são o Windows Installer , .NET Framework 2.0 , Microsoft SQL Native Client (Cliente Nativo SQL) e o Microsoft SQL Server 2005 Setup Support Files (Arquivos de Instalação) . Efetue a instalação destes componentes e clique em Next . Uma observação importante: caso você cancele a instalação o SQL Server, os componentes instalados pela ferramenta de atualização (exceto o Setup Files ) não são removidos.

Inicio da pagina

System Configuration Checker (SCC)

Instalados os Pré-requisitos, inicia-se a instalação do SQL Server, apresentando a janela de boas vindas. Clique em Next para iniciar o System Configuration Checker (SCC), como mostra a Figura 2 :

Cc716485.sql_parte3-02(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 2 . Janela do System Configuration Check .

Esta ferramenta verifica várias características do sistema e compara as configurações detectadas com os requisitos solicitados para uma instalação bem sucedida do SQL Server. Caso o SCC detecte alguma incompatibilidade, o mesmo apresenta detalhes sobre este problema e soluções para resolvê-lo.

As verificações do SCC são divididas em 5 categorias:

  • Configuração do Sistema: Nesta categoria, o SCC verifica informações triviais, como versão do sistema operacional, Service Packs instalados e Requisitos de Hardware. No primeiro artigo da série, você confere todos esses requisitos.

  • Disponibilidade do Sistema: Neste grupo, o verificador confere se não há nenhuma pendência de reinicialização ou de outra instalação ocorrendo no mesmo instante.

  • Configuração de Segurança: Verifica se o usuário que está instalando o SQL Server possui os privilégios administrativos necessários para efetuar a instalação.

  • Configuração de Versão: Checa que versões do Internet Explorer, SQL Server e do MSXML estão instalados.

  • Configuração de Cluster e Remoto: Para ambientes distribuídos, verifica se o compartilhamento do administrador ( admin$ ) está disponível no computador remoto ou no nó do cluster.

Após verificar todos os itens, o SCC exibe um relatório com todos os detalhes dos itens verificados, as incompatibilidades encontradas e que soluções tomar para resolver o problema. Ele também exibe, em alguns casos, alertas sobre alguns itens que não impedirão a instalação do SQL Server, mas que podem trazer problemas futuros, como a Configuração do Hardware e as Atualizações de Segurança. Este relatório pode ser salvo.

Uma vez o System Configuration Checker ter sido executado e o resultado final ter sido Success , clique em Next para abrir a janela de Informações do Registro.

Inicio da pagina

Informações do Registro

Nesta janela são inseridos os dados de personalização da instalação. Preencha os campos Name , Company e insira o Serial Number do produto, como solicitados pelo registro (Observe a Figura 3 ).

Cc716485.sql_parte3-03(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 3 . Janela de Informações do Registro.

Uma vez preenchido os dados solicitados, clique em Next para escolher os Componentes do SQL Server a serem instalados.

Inicio da pagina

Componentes do SQL Server

Uma das principais janelas da instalação do SQL Server 2005, a janela de Instalação dos Componentes é onde você escolhe que componentes e serviços oferecidos pelo SQL Server você deseja instalar (ou atualizar, caso uma versão anterior esteja instalada). Observe a Figura 4 :

Cc716485.sql_parte3-04(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 4 . Janela de Instalação dos Componentes do SQL Server.

Para facilitar ao Administrador que está efetuando a instalação, o setup do SQL Server exibe os cinco serviços disponíveis como opções para serem escolhidas. Uma opção marcada significa que todos os arquivos daquele serviço serão instalados na máquina.

A ultima opção, quando marcada, instala os componentes de estação de trabalho, o Books Online (Ajuda) e as ferramentas de desenvolvimento. Esta opção não instala nenhum banco de dados de exemplo (Exemplo: AdventureWorks ). Para instalá-lo, acesse a opção de instalação avançada.

Para uma instalação avançada, clique no botão Advanced . é então carregada a janela de seleção avançada, onde você pode navegar em cada um dos seis itens da janela anterior e decidir que características você deseja ou não instalar. Confira esta janela na Figura 5 .

Cc716485.sql_parte3-05(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 5 . Janela de Seleção de Características.

No nosso exemplo, vamos instalar todos os serviços oferecidos, e também vamos instalar os bancos de dados de exemplo para estudo. Confirmada estas opções, clique em Next para acessar a parte de configuração de Instâncias.

Inicio da pagina

Nome da Instância

O próximo passo é definir o nome da Instância e, consequentemente, o tipo de instalação a ser executada. Na Figura 6 você pode observar que você pode escolher a opção Default Instance (onde o nome da instância é o nome do servidor) ou Named Instance (Onde o nome da instância é definido por você).

Cc716485.sql_parte3-06(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 6 . Janela de Instâncias.

Caso você queira instalar uma instância padrão, marque a opção Default Instance . Caso queria criar uma Instância Nomeada, marque a opção Named Instance e escreva o nome da nova instância. No assistente de instalação, o SQL Server também detecta as instâncias já existentes no servidor e as lista no botão Installed Instances ( Figura 7 ).

Cc716485.sql_parte3-07(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 7 . Janela de Instâncias Instaladas.

Você pode atualizar uma instância já instalada, selecionando-a na lista e clicando em OK (Instalação In-Place ). Para instalar uma nova instância (Instalação Side-by-Side ), apenas coloque o nome da nova instância na janela anterior.

Depois de decidido o nome da instância (no nosso exemplo, usaremos a Default Instance ), avance na instalação clicando em Next .

Inicio da pagina

Componentes Existentes

Esta janela é opcional. Caso um dos componentes a ser instalados já estiver instalado, o assistente oferece a chance de você atualizar este componente ou de manter a versão atual intacta. Veja na Figura 8 um exemplo.

Cc716485.sql_parte3-08(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 8 . Janela de Componentes Existentes.

Marcando a opção você está dizendo ao setup do SQL Server para atualizar este componente. Desmarcando a opção, o componente não será alterado. Caso queira ver mais detalhes, clique no botão Details .

Contas dos Serviços

Assim como em versões anteriores do SQL Server, nesta etapa você deve associar contas de usuários aos serviços do SQL Server ( Figura 9 ). Basicamente, você tem duas opções: associar uma conta a todos os serviços que estão sendo instalados, ou associar contas diferentes para cada serviço (Marcando a opção Customize for each service account ). é função do Administrador de Banco de Dados definir a política de usuários que terão acesso ao SQL Server, principalmente quando o servidor será inserido no contexto de um domínio.

Cc716485.sql_parte3-09(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 9 . Janela de Contas dos Serviços.

Além disso, na mesma janela, você pode definir quais serviços serão inicializados quando a instalação do SQL Server for finalizada.

Para o nosso exemplo, escolheremos a conta Network Service e iniciaremos todos os serviços instalados. Clique em Next para escolher o Modo de Autenticação a ser usado.

Modo de Autenticação

Na tela de Modo de Autenticação, você decidirá que método usar para autenticar conexões ao SQL Server 2005. São duas as opções disponíveis:

  • Windows Authentication: Esta opção de autenticação só aceita conexões de usuários que já tenham sido validados pelo Windows. é o modo de autenticação padrão e o recomendado, por oferecer os mais altos níveis de segurança.

  • Mixed Mode: Este modo de autenticação suporta tanto autenticações via Windows ou através de usuário e senha criados no SQL Server 2005. Recomenda-se o uso deste modo de autenticação quando a rede possui aplicações que não utilizam as contas de usuários do Windows (Sistemas Legado). é essencial a criação de senhas fortes, principalmente para o usuário sa .

Observe a tela de escolha do Modo de Autenticação na Figura 10 :

Cc716485.sql_parte3-10(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 10 . Janela do Modo de Autenticação.

Diferente da versão 2000, o setup do SQL Server não aceita a senha do sa em branco. Neste exemplo, escolhemos o Mixed Mode e definimos uma senha com letras, números e caracteres especiais. Lembre-se de que a escolha do Modo de Autenticação é essencial na definição das regras de seguranças a serem aplicadas no ambiente. Clique em Next .

Configurações de Intercalação

A próxima tela é a de definir qual vai ser a regra de armazenamento de caracteres Não Unicode e como ordenar e comparar dados Unicode e Não Unicode. é a configuração de Intercalação. Basicamente, o assistente de instalação já determina esta propriedade, baseado nas propriedades do Windows instalado. Somente altere esta propriedade em duas situações:

Linguagem do SQL Server diferente: Caso você esteja instalando o SQL Server para receber bancos de dados de outro idioma diferente do configurado no Windows;

Participação de Replicação: Caso o servidor que você está preparando faça parte de uma replicação e o idioma do banco de dados a ser replicado é diferente do idioma padrão.

No nosso exemplo, deixaremos as opções já trazidas pelo setup. Clique em Next .

Instalação do Serviço de Relatórios

Caso você tenha escolhido instalar o Report Services , esta janela aparecerá para que você decida se o instalador do SQL Server irá instalar e configurar automaticamente o serviço ou não ( Figura 11 ). Clicando no botão Details , você poderá conferir todas as propriedades da configuração automática, além de já disponibilizar o serviço logo após a instalação.

Cc716485.sql_parte3-11(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 11 . Janela das opções do Report Server .

Somente escolha a opção Install but do not configure the server se você for configurá-lo manualmente, para atender as necessidades específicas do ambiente. No nosso caso, deixaremos que o próprio setup defina as propriedades padrões do serviço. Depois disso, clique em Next .

Finalizando a Instalação

Uma vez que todas as propriedades desejadas foram configuradas, são mostradas as ultimas telas da instalação. Primeiro, o assistente pergunta se você deseja enviar relatórios de erros e de estatísticas de uso para a Microsoft. Marque as duas opções caso deseje e clique em Next . Então o assistente de instalação exibirá um resumo do que será instalado, como mostra a Figura 12 :

Cc716485.sql_parte3-12(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 12 . Janela Ready to Install (Pronto para instalar).

Clique em Install . A partir deste instante, o resto é por conta do instalador, que vai exibindo o progresso da instalação de cada componente, como mostra a Figura 13 :

Cc716485.sql_parte3-13(pt-br,TechNet.10).jpg

Figura 13 . Janela Setup Progress (Progresso da Instalação).

Por fim, após todos os componentes instalados e com a mensagem Setup finished em cada um dos itens, clique em Next e a instalação estará concluída. A ultima tela exibe um link para o Log da instalação, para o Surface Configuration Area e algumas informações sobre os serviços instalados. Clique em Finish para encerrar o assistente do SQL Server 2005.

Conclusões

O setup do SQL Server 2005 ajuda não somente a instalar o produto, mas a entender os passos e resolver problemas que acontecem ao longo da instalação. Ferramentas como o System Configuration Checker verificam se o servidor está pronto para uma instalação bem sucedida. Também vimos como efetuar a instalação de instâncias e como associar contas de usuários aos serviços do SQL Server.

Você pode encontrar mais informações sobre as etapas de instalação do SQL Server 2005 no endereço: http://www.microsoft.com/brasil/sql/.

Sobre Julio Vaz

I'm a results-driven IT professional on consulting for integration projects with extensive experience in the engineering, administration and support. Direct experience with customer relationships, complex problem troubleshooting, implementation, optimization, technology advisor and training deliveries. Always interested in professional growth as well as high-quality service delivery. Specialties: Office 365. Windows Intune. Windows Azure. Microsoft Windows Server and Active Directory Microsoft Exchange Server 2000/2003/2007/2010, 2013 Windows Virtualization: Hyper-V Windows server 2008, 2008 R2, 2012, 2012 R2. Microsoft Isa Server 2000, Isa Server 2004, Isa Server 2006. Microsoft Forefront TMG 2010. Microsoft Project Server 2007/2010, 2013 Microsoft SharePoint 2007/2010, 2013 Documentation of the computing environment and services. Elaboration of technical procedures. Elaboration of proposals and projects. Management and training of support staff. Implementation and maintenance of security and backup policies. Implementation, administration and migration from Microsoft . Windows NT, Windows 2000 Server, Windows Server 2003 R2, Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012 R2 Implementation and migration from Microsoft Office Communications Server 2007 Implementation and migration from Microsoft Lync Server 2010, 2013. Implementation and migration from Microsoft Exchange Server 2000, 2003 and 2007, 2010, 2013. Implementation and migration from Microsoft Isa Server 2000, 2004 and 2006, Forefront TMG Implementation Microsoft System Center 2012 R2 - SCCM, SCOM, DPM. Migration of servers and domains
Esse post foi publicado em Microsoft SQL Server 2005. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s